Acervo do Escritor Cearense celebra 10 anos do recebimento do arquivo de Gilmar de Carvalho

18 de setembro de 2019

O Acervo do Escritor Cearense (AEC) da Biblioteca de Ciências Humanas (BCH) da Universidade Federal do Ceará promoverá o evento “Arquivo Pessoal de Gilmar de Carvalho: 10 Anos no AEC”. Será no dia 23, das 8h às 12h, no Auditório José Albano, no Centro de Humanidades da Universidade Federal do Ceará, área 1 (Av. da Universidade, 2683 – Benfica), em Fortaleza. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo e-mail acervodoescritorcearense@gmail.com

O evento constará de mesa-redondas abordando realizações do AEC, com destaque para o arquivo pessoal do jornalista, professor, publicitário e escritor Gilmar de Carvalho, que iniciou a doação de seu acervo em 10 de agosto de 2009, com a oficialização ocorrida no dia 30 de outubro de 2013, durante solenidade realizada nos Encontros Literários Moreira Campos.

Na coordenação do evento está Lídia Barroso Gomes Castro, curadora do arquivo pessoal de Gilmar de Carvalho e mestranda do Programa de Pós-Graduação em Letras da UFC – que no dia 26, às 15h, no bloco de Literatura no CH1, defenderá dissertação de mestrado intitulada “Literatura e jornalismo: notícia e entrevista em Parabélum, de Gilmar de Carvalho”.

A primeira mesa-redonda fará um histórico do AEC e da importância da iniciativa para a UFC. Dela participarão a Profª Neuma Cavalcante, coordenadora e curadora do AEC; Francisco Jonatan Soares, diretor do Sistema de Bibliotecas da UFC, e Ana Elizabeth Albuquerque Maia, diretora da BCH.

A segunda mesa tratará mais especificamente do arquivo pessoal de Gilmar de Carvalho, tendo como participantes a curadora Lídia Barroso e as bolsistas de iniciação acadêmica Maria Ilania de Lima Soares e Vanessa Sousa dos Santos, que atuam na catalogação do material doado por Gilmar.

Por fim, na mesa de encerramento, falarão a Profª Odalice de Castro Silva, titular do Departamento de Literatura da UFC; a cantora, compositora e jornalista Mona Gadelha e o Prof. Gilmar de Carvalho.

ACERVO RICO – Como Gilmar de Carvalho é um autor ainda em plena atividade, seu acervo segue em aberto, recebendo doações. A riqueza do que ele já doou para o AEC pode ser avaliada na listagem a seguir:

Biblioteca – constituída por obras literárias escritas por ele, livros sobre suas pesquisas em comunicação e cultura popular; organização de publicações e trabalhos em parceria com outros pesquisadores.

Audiovisuais – fitas de áudio, CDs e HD, contendo entrevistas com Patativa do Assaré, durante as pesquisas de campo realizadas por Gilmar.

Iconografia – fotos, xilogravuras, folders de apresentações teatrais do próprio autor e de seminários e conferências locais e em diversas regiões do Brasil, cartões de visita, filipetas e convites para lançamentos de livros;

Matérias (do autor e de terceiros) extraídas de jornais e revistas – dessa série constam publicações do Jornal do Brasil, Folha de S. Paulo, Gazeta de Notícias, Correio do Ceará, Diário do Nordeste, O Povo, Jornal do Cariri, O Pasquim, Jornal das Letras, e outros periódicos de pequeno porte como os tabloides. Dentre esses materiais, há publicações que datam dos anos 1950 à atualidade;

Correspondências – cartas, ofícios, e-mails, cartões-postais, cartões natalinos e solicitações diversas recebidas e emitidas por Gilmar de Carvalho.

Manuscritos – constituídos por fichas de leitura, páginas soltas, pequenos blocos contendo anotações sobre literatura, filosofia, cultura popular, citações retirados de periódicos e outras fontes, e esquematizações para a escritura de textos.

Materiais de estudo – textos em língua portuguesa, espanhola, francesa e inglesa referentes ao estudo de linguagem, literatura e história.

Materiais para publicação – versões de livros submetidos a correções antes das publicações.

Entrevistas – realizadas com poetas e cantadores populares, tipógrafos, xilógrafos, santeiros e outros, fonte de pesquisa para a elaboração de diversos livros sobre a tradição popular.

Relatórios – escritos por Gilmar de Carvalho e por terceiros.

SAIBA MAIS – O Acervo do Escritor Cearense da Biblioteca de Ciências Humanas da UFC foi criado em 2004 pela Profª Maria Neuma Barreto Cavalcante, do Departamento de Literatura da UFC. Atualmente, o AEC é formado pelos arquivos pessoais dos escritores Moreira Campos (1914-1994), Natércia Campos (1938-2004), Gilmar de Carvalho (1949-) e Antonio Girão Barroso (1914-1990), este sob custódia.

Fonte: Notícia publicada no Portal da UFC (http://www.ufc.br/noticias/13561-acervo-do-escritor-cearense-celebra-10-anos-do-recebimento-do-arquivo-de-gilmar-de-carvalho).